sexta-feira, 1 de abril de 2011

Discurso proferido pelo Diácono Gilberto, por ocasião do Culto Ecumênico da Formatura da UNOPAR. Em 25/03/2011.

No limiar deste inaudito evento, saúdo os formandos da Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, os componentes da mesa, Senhor Antonio Campos (Comunidade Espírita Fabiano de Cristo) e o Reverendo Gilberto Rui (Igreja Batista). Saúdo também aos familiares, amigos e convidados dos formandos, que aqui se fazem presentes.

Amados formandos, o Espírito de Deus é a força que constrói as esperanças de uma sociedade cada vez mais renovada no conhecimento cientifico-acadêmico.

Neste momento de agradecimento, renova em vós o gosto de ter chegado ao cumprimento de uma importante tarefa de vossas vidas. Dizia Napoleão Bonaparte: “A vitória pertence ao mais perseverante”.

Amados, provêm de Deus os diferentes modos de viver a vitoria. A graça vem do Senhor, a mesma cada um de vocês já recebeu ao cumprir esta tarefa, dom especifico, individual, pessoal ele é um talento, ou melhor, o dom para a gratuidade de servi no exercício das funções.

“Avance para as águas mais profundas” (Lc. 5,4), é o convite que Jesus faz para vocês. Não vos conformeis apenas com o belo espetáculo que contemplamos nesta noite, mas continuem trilhando os caminhos da qualificação profissional, a fim de que toda a sociedade desfrute dos benefícios produzidos por suas respectivas atividades.

Aos graduandos em administração, o Filho de Deus conclama a gerir bem os talentos a vocês conferidos. Vocês serão responsáveis pela administração das organizações públicas, privadas e terceiro setor. Por isso, deve exercê-la com ética, profissionalismo e organização.

O que dizer então aos graduandos de contábeis? O Senhor vos convida a solucionarem equívocos provenientes da complexidade fiscal nas diversas atividades econômicas. Tarefa não muito fácil. Mas, vossos talentos, aliados à capacitação profissional e à determinação de cada um, farão certamente toda diferença.

Dirijo-me agora aos graduandos em Letras, citando o texto Sagrado, extraído do capítulo primeiro de João, especificamente no versículo catorze: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós”. Com essa declaração, o hagiógrafo expressa que a Palavra tem vida própria. O Verbo é o Filho de Deus, o Cristo Senhor, que estabelece perfeita comunicação entre o Céu e a Terra. Nesse sentido, vocês são chamados a dominar a norma culta da língua portuguesa, instrumento preferencial de cultura, de comunicação e de exercício da cidadania. Para tanto, devem capacitar-se a entender suas variações, que vão das diferenças regionais a outros níveis, como o coloquial, o popular, o técnico... a fim de que o processo de comunicação seja exercido com eficiência e eficácia.

Aos graduandos em Pedagogia eu vos declaro: escutem atentamente a orientação proferida pelo Espírito Santo. Ele é Deus. Ele é o grande Pedagogo do Seu povo. O Espírito Santo inspirará vocês no desempenho da docência em espaços educativos formais e não formais. O Espírito Santo vos fará compreender a docência como uma ação educativa, orientada por concepções, princípios e métodos próprios da ciência pedagógica, a fim de que o conhecimento seja construído à partir de uma metodologia inovadora, renovadora e transformadora.

Para a os graduandos em Análise de Sistemas, eu deixo o seguinte recado: a pós-modernidade proporciona a vocês vasto campo de atuação. O profissional de Análise de Sistemas utiliza-se de conhecimentos técnicos e da visão futurista, com base em fatos e informações, para desenvolver o processo de planejamento e definições de automatização dos sistemas em computador, com o enfoque centrado nos negócios das empresas. Desejo que Deus, no dinamismo da sua Trindade, vos inspire na aptidão de conhecimentos, para que os desafios propostos pelas tecnologias da informação e comunicação, sejam superados com propostas inovadoras e criativas, a fim de que a sociedade possa desfrutar dos benefícios produzidos pelo profissional de Análise de Sistemas.

Por fim, dirijo-me aos graduandos em Serviço Social, proferindo as palavras do Senhor: Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos” (Jo. 15,13). O amor deve mover as ações do Assistente Social. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos”. Vocês são chamados a formular análises críticas da situação social do país.  Nessa perspectiva, cabem a vocês inserir-se com criatividade e obstinação nas políticas sociais públicas, empresariais, de organizações da sociedade civil e no mercado de trabalho, a fim de que os direitos humanos e valorização da vida sejam preservadas. Com isso, sua formação intelectual e cultural generalista crítica, busca investigar profundamente a realidade social, a fim de formular e implementar propostas para gestão dos serviços sociais. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos”.

Amados formandos, finalizo minha fala parafraseando Albert Einstein: “Uma mente uma vez dilatada, jamais retorna ao seu tamanho natural”. Desejo que a formação intelectual de cada um de vocês, corrobore na construção de suas fascinantes histórias, e permita que outras pessoas sejam beneficiadas com o reflexo de suas atividades profissionais. Deus seja louvado em tudo e em todos. Obrigado!

Um comentário:

  1. Gostei da fala do seu comentário tio Beto foi Deus quem lhe soprou aos ouvidos e lhe instruiu na construção deste belo comentário aplicado na Bíblia parabéns.

    ResponderExcluir