sábado, 26 de fevereiro de 2011

MÉDICOS DECRETAM GREVE (Dia "D")


Foto: Disponível em:<http://www.meionorte.com/barras 

 Amados, 1º de março é o dia “D”, os médicos cirurgiões de Feira de Santana - BA, que atendem pelos planos de saúde, prometem parar e cruzar as mãos (mão que salvam). Eles decretam por antecipação morte coletiva dos usuários de plano de saúde. Alegam que os planos de saúde não pagam o justo por procedimento cirúrgico. Portanto, 1º de março de 2011, promete entrar na história de Feira de Santana, como o dia do sofrimento e da lamentação para quem procurar qualquer procedimento cirúrgico na cidade.


Afinal, qual é o custo de um procedimento medico cirúrgico? Quais motivos levam os médicos a manterem-se cadastrados aos planos de saúde? Que culpa têm os usuários de planos de saúde? A comunidade Feirense espera uma solução urgente das autoridades do Ministério Público e do Procon, que eles fiquem em prontidão total.

Ao anunciar a greve, quais serão as medidas? Saibam as autoridades, que os hospitais da rede pública de Feira de Santana, não terão suporte e condições de atendimento, pois já estão em seus limites máximos. Teremos que pedir a morte ou as doenças que decretem greves até os médicos e os planos de saúde chegarem a um entendimento de valores? No momento, o decreto dos médicos já foi publicado no jornal folha do estado Feira de Santana-BA., dia 23 de fevereiro de 2011, pag. 3. É justo que os médicos lutem por melhorias salariais, entretanto, os usuários dos planos de saúde não podem pagar com suas vidas.

Amados, sentimos que as reivindicações nos parecem justas, porém o decreto já foi e publicado por antecipação, criando um clima temor entre os usuários. Segundo a presidente da Associação das clinicas e hospitais de Feira de Santana, Dra Iracema Brandão, “os planos de saúde não remuneram os médicos cirurgiões dignamente, segundo o jornal da cidade o conselho federal de medicina reconhece que há sete anos não há reajuste na tabela e que as operadoras investiram cerca de 12 milhões na ultima campanha, financiando 38 candidatos ‘porque o interesse?’”. Deus queira que não si venha confirmar essa paralisação, apelo para os envolvidos, Ministério Público, PROCON, Conselho dos Médicos, Associações, Hospitais, Casas de Saúde e Operadores, que se unam para o bem de todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário